Bárbara Guimarães fala do seu novo registo e não fala sobre a concorrência

sexta-feira, 30 de setembro de 2011


A prestação de Bárbara Guimarães em Peso Pesado vai ser completamente diferente da que os espectadores estão habituados a ver. "Não há comparação entre este programa e os outros que apresentei, por isso, o meu registo também é totalmente diferente. Eu tenho estado mais ligada aos talentshows, às emissões em directo, e aqui o que se exige é que eu seja uma condutora, que faça a ponte entre os concorrentes e os espectadores", explicou. "Nos outros programas eu estava ao lado deles, não à frente deles", prosseguiu.

Este formato permite que Bárbara esteja "muito mais tempo em contacto com os participantes do que em Portugal Tem Talento, por exemplo", que apresentou no início deste ano. "Aqui, falo muito com eles e sempre olhos nos olhos. A apresentadora é aquela pessoa que lhes lança os desafios, que os põe à prova... Até me custa dizer concorrentes. Para mim é a Andreia, é o Carlos, é a Marta, é o José, a Vera... Eles têm nome, têm personalidade... Eu passo mesmo muito tempo com eles", desabafou.
A ligação que a une aos 17 candidatos é, por isso, mais forte e a apresentadora não consegue ficar indiferente aos momentos mais emocionais. "Quando chega à altura da pesagem... é quando eles estão com uma ansiedade imensa, depois de uma semana de esforço, de coragem, de determinação... Só para estarem ali. É emocionante", relatou. E "Isso é o que vamos poder ver já no domingo, na estreia, quando se revelam os perfis. Começa por haver um encontro comigo e logo a seguir eles são pesados. E processa-se tudo exactamente como o espectador vê em casa, como eu vi em casa até agora", contou.
Por respeito a estes momentos, Bárbara Guimarães "quis vestir algo simples". "A minha roupa, mesmo a que uso na emissão que vai para o ar aos domingos, no momento em que eles sobem para a balança, não pode ser exuberante. Tem de ser sóbria, como o momento que os concorrentes estão a viver."
Foi neste e em outros sentidos que os conselhos que recebeu de Júlia Pinheiro, que apresentou a primeira edição, "foram indispensáveis". "Posso até dizer que ela foi a primeira pessoa com quem me reuni, na altura em que me apresentaram a proposta, e quis logo saber o ponto de vista dela enquanto apresentadora. Não me esqueço de uma frase que a Júlia me disse: 'Aqui, vais ter de encontrar o teu registo'. E é verdade", admitiu Bárbara Guimarães.

Competição? Para já não!
O grupo de participantes, que nesta segunda edição não concorrem em duplas, mas a título individual, "é muito simpático". "São pessoas diferentes entre si, mas com um objectivo em comum. Por isso, Bárbara Guimarães não acredita que se sujeitem a dias intensos de exercício físico e a não comerem o que mais gostam apenas para ganharem o prémio final de 50 mil euros. "Eles não conseguem fazer coisas básicas, a sensação que tenho é que querem mesmo perder peso. Acho que isso, para eles, não tem preço", confidenciou.
Por esta razão, a competição entre os pesos-pesados da SIC, para já, não existe. "Ainda estão na primeira fase, em que procuram conhecer-se melhor a eles próprios e aos outros, em que estão a testar os seus próprios limites. Isto é tudo novo para eles, mesmo que tenham visto a primeira série, uma vez que esta tem alguns ingredientes novos", adiantou a apresentadora, que reconheceu no entanto que "Peso Pesado é um jogo e as pessoas vão-se revelando, fazendo que, mais tarde ou mais cedo, o lado mais competitivo apareça".

Bárbara não fala sobre Casa dos Segredos
Quando se estrear no ecrã da SIC no domingo à noite, Bárbara Guimarães vai ter a concorrência directa de Teresa Guilherme, que à mesma hora, na TVI, apresenta o reality show Casa dos Segredos 2. "Em relação a isso só posso dizer que temos um bom programa, muito saudável, com um pouco de tudo. O Peso Pesado vai fazer-nos rir, comover... Temos muitos ingredientes para cativar quem nos vir a partir de domingo", começou por dizer a apresentadora.
Na primeira edição, o concurso liderou as audiências no dia de estreia com uma média de 1,7 milhões de espectadores. "Este programa foi líder em todos os targets, com excepção das idades dos 55 aos 74 anos", indicou, na altura, a SIC em comunicado. Para esta segunda edição, "resta esperar os melhores resultados", disse a apresentadora. "Nós fazemos televisão e, como tal, queremos ser vistos. Os mais vistos. É nesse sentido que eu e a equipa da Fremantle estamos a trabalhar. Está a fazer-se melhor, muito melhor do que na edição anterior, para conseguirmos alcançar sucesso. Temos um Peso Pesado mais apurado, porque aprendemos com os erros e soubemos corrigi-los. E, depois, há muitas surpresas", concluiu.

Fonte: Notícias TV

A alimentação da nova apresentadora do Peso Pesado 2

Depois de quase duas décadas à frente de concursos de caça-talentos, a apresentadora da SIC estreia-se agora na condução de um reality show. Uma aventura onde entrou de corpo e alma.

A partir de domingo, os portugueses vão poder acompanhar os 17 concorrentes da segunda edição de Peso Pesado, da SIC. Desta vez, é Bárbara Guimarães quem os conduz através do caminho que os ensina a adoptar um estilo de vida mais saudável. "Tem sido uma grande aventura", disse a apresentadora à Notícias TV. Mas uma aventura que a mulher de Manuel Maria Carrilho, que está a gravar o programa deste o passado dia 3, faz questão de viver lado a lado com os concorrentes. Porquê? "Porque já aprendi que a vida para pessoas com este peso é pesada de mais para tudo. É uma vida que não é feita a sorrir", confessou.
Bárbara Guimarães, 38 anos, reconhece que, no seu caso, nunca teve de se preocupar com a forma física. Nem quando passou a fase da adolescência, altura em que as raparigas costumam olhar para o seu corpo de uma maneira muito mais crítica. "Nunca me ocorreu, por exemplo, fazer dieta. Nem daquelas dietas malucas que as jovens fazem, muitas vezes de forma errada e sem terem em conta as consequências graves que delas podem advir. Não me lembro mesmo de estar preocupada com isso", disse.

Aliás, ainda hoje a apresentadora come o que lhe apetece. "Privar-me de comer alguma coisa? Nem pensar! Não me privo de nada", riu-se. "Ir ao Porto e não comer uma dobrada? Impensável. Claro que durante e depois das duas gravidezes tive algum cuidado com aquilo que ingeria, mas não mais do que isso", continuou Bárbara Guimarães, enquanto mastigava "meia bifana num café em Vendas Novas". "Só agora, que já passa das 16.00, é que estou a almoçar. Acabei de sair das gravações na Herdade de Alcácer do Sal e parei aqui para petiscar esta bifana... Pronto: meia bifana (risos). Acho que de vez em quando devemos pecar", brincou Bárbara, admitindo ainda que, por vezes, gosta de se perder com "delícias" como os cachorros vendidos nas roulottes de rua.

Também o filho Dinis Maria, de 7 anos, "como todas as crianças, não prescinde de ir aos restaurantes de fast food". Já "a Carlota Maria tem quase um ano e ainda não pede nada, mas ele vai de vez em quando". E revelou a mãe: "Tenho de admitir que não gosto muito que o Dinis faça essa alimentação, mas desde que seja controlada, desde que seja apenas uma ou outra vez, não coloco entraves", contou. "O que eu sei, e o meu filho também já sabe, é que o pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia, porque nos dá a energia necessária, e que ao jantar devemos comer coisas leves para termos uma noite de sono bem calma e relaxada."

A apresentadora disse ainda que a sua curiosidade gastronómica tem-se feito notar nas gravações de Peso Pesado, que nesta edição vai contar com o apoio do chef Nuno Ribeiro. "Ele vai ensinar os concorrentes a fazer pratos deliciosos e saudáveis. É uma mais-valia em relação à edição anterior e é claro que eu não podia deixar de o questionar em relação a muitos alimentos.
Mesmo quando vou para as gravações gosto de tirar a ementa que foi dada aos concorrentes. Já imaginou o que é uma omeleta de claras de ovos?", questionou. "Devo até dizer que já comecei a aplicar algumas coisas em casa que aprendi no programa e tive bastante sucesso (risos)", disse. "O meu marido gostou de tudo o que eu fiz. Claro que os meus filhos, como muitas dessas coisas são legumes, torcem mais o nariz... Mas a sopa, que é a base da nossa alimentação, eles comem sempre", desvendou Bárbara Guimarães. "Em casa só não faço fritos. De resto, comemos tudo."
O mesmo não acontece na Herdade de Peso Pesado, onde estão a morar "17 pessoas que decidiram pôr uma pedra no seu passado, no seu estilo de vida sedentário e fazer um percurso saudável". Porém, Bárbara alerta: "Este programa não é um medicamento. É qualidade de vida." E disse que os participantes estão motivados, até porque o estilo de vida em Alcácer do Sal é envolvente, mesmo para a apresentadora. "Já quando estou em Lisboa opto cada vez mais por andar a pé e menos de carro, não só por causa do trânsito, que também é enervante, mas principalmente porque faz bem. Agora que passo a maior parte do dia no campo, tento mesmo andar a pé para todo o lado e raramente entro nos carrinhos de golfe que temos para nos deslocar. Só se for atrasada (risos). E olhe que na Herdade caminha-se bem..."

Fonte: Notícias TV

TV Globo: Reynaldo Gianecchini em campanha contra o cancro

O actor Reynaldo Gianecchini, de 38 anos, que se encontra a fazer um tratamento contra o linfoma não-Hodgkin, um dos mais graves, voltou a dar a cara para o GACC (Grupo de Assistência à Criança com Cancro).

A instituição, pela qual o actual brasileiro já tinha dado a cara em 2003, pretende angariar fundos numa campanha realizada por telefone.
Nas fotografias o actor aparece abraçado a crianças que frequentam o GACC, instituição em São José dos Campos (São Paulo), segundo o jornal 'Folha de São Paulo'.
Gianecchini está a fazer quimioterapia contra um linfoma não-Hodgkin, um tumor que atinge os gânglios linfáticos, desde o final de Agosto.
Correio da Manhã

Audiências: Vitória do Sporting, dá vitória à SIC

As audiên­cias de quinta-feira, 29 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.

As audiên­cias de cabo de quinta-feira, 29 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.


Júlia Pinheiro e SIC de parabéns dia 6 de Outubro

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

A apresentadora das manhãs da SIC completa 49 anos, no mesmo dia em que o canal de Carnaxide completa os seus 19 anos de emissão. Júlia Pinheiro será a condutora da emissão de aniversário da SIC, da parte da manhã, ao lado de João Manzarra (tal como referido na anterior notícia).
É esperada alguma surpresa, por parte da equipa, à directora de formatação de conteúdos e apresentadora de Querida Júlia.

Aniversário da SIC nos estúdios de 'Querida Júlia' e 'Boa Tarde'

Dia 6 de Outubro, Carnaxide faz 19 anos e, por ser dia de festa, Júlia Pinheiro vai dividir a manhã com João Manzarra. A tarde vai ser conduzida por Conceição Lino e Daniel Oliveira.

Música, entrevistas e muitas caras SIC vão desfilar diante das câmaras de Carnaxide a 6 de Outubro. O pretexto é simples: o canal de Balsemão celebra 19 anos.
À semelhança dos últimos anos, a festa será feita em casa. Os estúdios dos programas Querida Júlia e Boa Tarde serão o palco da comemoração.
Júlia Pinheiro e João Manzarra vão estar juntos durante toda a manhá e passam depois o testemunho a Conceição Lino e Daniel Oliveira.
DN

Peso Pesado 2 – estreia Domingo

Boa Noite! Seja bem-vindo ao “Olhar a SIC”.
É já no próximo Domingo à noite que estreia a segunda edição do fenómeno televisivo do ano em Portugal. Depois de ter tido uma estreia esmagadora com Júlia Pinheiro, esta nova temporada vai ser apresentada por Bárbara Guimarães, é ela a companheira fiel dos concorrentes para partilharem as suas tristezas e vitórias. Bárbara Guimarães é na minha opinião a apresentadora ideal para o formato, até mais que Júlia Pinheiro. Isto porque o programa requer uma pessoa serena, calma, concentrada, tudo o que Júlia não é, e teve de se reprimir para tentar passar uma imagem mais retraída do que aquilo que é na realidade. Portanto penso que Bárbara é a escolha natural na SIC para “Peso Pesado”.
Para além da novidade da apresentadora, este novo “Peso Pesado” tem mais novidades e curiosidades. Nos treinadores, que vão ajudar os concorrentes na perda de peso ao longo das diversas fases e atividades do programa, Rui Barros continua presente da primeira para a segunda temporada. Já a treinadora é outra, tem 35 anos e é instrutora de fitness, será Conceição Gonçalves a assumir as funções que vimos com Sara Freitas, a anterior treinadora. Conceição foi aluna da estrela norte-americana Jillian Michaels do concurso Biggest Loser. Teresa Branco continua como a fisiologista, mas desta vez haverá mais exploração saudável da comida, pois na herdade estará um cozinheiro, Nuno Ribeiro, que vai ensinar os concorrentes a cozinharem comida saudável e bem confeccionada. O chef do “Peso Pesado” tem 34 anos e uma vasta experiência profissional internacional.
Alojados na Herdade “Peso Pesado” com muito espaço interior e exterior, uma piscina e dois ginásios totalmente equipados, isolados do mundo, não podendo estabelecer comunicação com ninguém, os concorrentes executarão diversas provas que terão de ser superadas para evitar a eliminação, chegar à Grande Final e ganhar um grande prémio. O vencedor ganhará um prémio de 50.000 Euros. 
“Peso Pesado” é a versão portuguesa do formato de grande sucesso internacional, Biggest Loser já produzido em mais de 25 países, como Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Brasil, Alemanha, Espanha, Índia, México, Holanda, Suécia, Filipinas e África do Sul. “Peso Pesado” é produzido para a SIC por FremantleMedia Portugal.  
Bárbara Guimarães esteve hoje de manhã no programa “Querida Júlia” para promover a estreia de Domingo e disse estar completamente envolvida no programa e a adorar a experiencia profissional para a qual foi convidada. Segundo disse Júlia Pinheiro, depois do 2º vem o 3º, o 4º e o 5º… Quererá isto dizer que, dependendo das audiências, podem haver mais edições do programa “Peso Pesado”? Eu acho que sim. Mas devem existir intervalos de tempo maiores, e na minha opinião, uma terceira edição só viria passado 1 ou 2 anos da segunda, para não desgastar o formato.
Algumas imagens de Bárbara Guimarães nas gravações de "Peso Pesado"!
 
Concorda com a minha opinião? Apresente também a sua!

Audiências: SIC na linha dos 20% de share



As audiên­cias de quarta-feira, 28 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.
As audiên­cias de cabo de quarta-feira, 28 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.

Laços que foram de Sangue

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Boa Noite! Seja bem-vindo ao “Olhar a SIC”.
Durante meses esteve nos ecrãs da SIC, mas chega esta semana ao fim a novela portuguesa da SIC que conquistou os portugueses com o slogan "a novela da nossa gente". No inicio, ela foi vista como a maior e também mais arriscada aposta que a SIC alguma vez havia realizado. Foram muitas as vozes a criticarem a história, o elenco e a própria SIC por se aliar à gigante TV Globo para fazer novelas melhores. “Laços de Sangue” foi a primeira telenovela portuguesa resultante duma parceria entre a SIC e a TV Globo. Estreou a 13 de Setembro de 2010, às 21h45 e foi escrita por Pedro Lopes, (autor que anteriormente assinou “Perfeito Coração”). “Laços de Sangue” contou com a supervisão de texto de Aguinaldo Silva. (conceituado autor de “Senhora do Destino” e “Duas Caras” da TV Globo). “Laços de Sangue” contou a história de duas irmãs que foram separadas na infância e se tornam inimigas depois de adultas. A novela foi protagonizada por Diana Chaves, que interpretou Inês e por Diogo Morgado que foi João.  Teve como vilões Joana Santos, uma jovem atriz escolhida pelos responsáveis da Globo que viveu Marta Nogueira/Diana e que teve um excelente desempenho e Carlos Vieira que foi Ricardo.
Tudo se iniciou há 25 anos atrás, quando duas irmãs foram levadas na correnteza de um rio. O pai de ambas salvou a mais velha, Inês (Diana Chaves), mas, acabou por falecer quando tentava resgatar a outra filha, cujo corpo nunca chegou a aparecer. A mãe, que estava grávida de um rapaz, assistiu a toda a tragédia. Na atualidade, Inês é uma jovem de personalidade forte, bondosa e está sempre pronta a ajudar os outros. Licenciada em Gestão Hoteleira é proprietária do restaurante M, em sociedade com a mãe. No entanto, algo a atormenta, uma vez que se sente culpada pelo falecimento da irmã. O seu grande amor é João (Diogo Morgado), um médico. A felicidade do casal foi abalada, não só com o AVC que o avô de João sofre, mas também porque durante o jantar de oficialização do noivado, na sequência de um assalto, a irmã do rapaz, grávida do primeiro filho, foi mortalmente alvejada por um assaltante.
A menina que todos julgavam desaparecida e que é irmã de Inês (Diana Chaves) é Marta, que após ser adotada por uma nova família chama-se Diana (Joana Santos). O choque do acidente fez com que perdesse a memória e, no seu pensamento, existiu um constante desconforto. Diana é uma mulher bonita e com sede de dinheiro e de poder, desprezando o ambiente em que vive. Quando descobriu toda a verdade, a jovem rapariga recuperou as suas memórias e foi procurar a sua família biológica, em especial Inês, que considerou ser a culpada pelo que lhe sucedeu no passado. A partir daqui, o seu grande objectivo foi só um: vingança. Diana tentou destruir a irmã e reconquistar a vida que nunca chegou a viver, passando por bens materiais, até ao namorado de Inês, João (Diogo Morgado). Ao seu lado teve Ricardo (Carlos Vieira), com quem se envolveu amorosamente.
Mas “Laços de Sangue” também fez rir muito, com o casal “Coutinho” interpretado fabulosamente pelos atores Custódia Gallego como Gi Coutinho e João Ricardo na pele de Armando Coutinho, eles formaram uma dupla imbatível em televisão e mostraram que uma novela pode e deve ter humor em horário nobre. Também Marisa, vivida por Dânia Neto e Sheila por Débora Ghira, protagonizaram momentos hilariantes e deram um movimento especial à trama com as suas zangas em pleno mercado da ribeira.
“Laços de Sangue” foi uma história enraizada na realidade portuguesa, com dramas e conflitos próprios de uma sociedade contemporânea, abordou vários problemas, como o desemprego, o vício do jogo, o alcoolismo, a luta contra o cancro e a ambição desmedida. Mas aonde o amor continuou a ter papel central na vida de qualquer um. Uma novela de mulheres fortes, que, contra todas as adversidades, decidiram arregaçar as mangas e lutar pelo sonho em que acreditam. Gravada em cenários bem portugueses como Viana do Castelo, Lago do Alqueva e o Mercado da Ribeira em Lisboa, a história teve ainda cenas gravadas no Rio de Janeiro e ambientadas na Amazónia.
Pela primeira vez na sua história a SIC e a TV Globo assinam um acordo de co-produção na área da ficção. A parceria inclui o envolvimento das duas empresas em todas as etapas de criação e produção de novelas, incluindo roteiro, planeamento e definição de elementos artísticos. Cada episódio de "Laços de Sangue" foi orçamentado em 200.000€. Foi até agora, a produção mais cara de sempre da SIC. Em termos de audiência, “Laços de Sangue” estreou na SIC com 9,5% de número de espetadores e 23,4% de share, elevando desde logo os índices de audiência da estação. A novela manteve índices regulares nas primeiras semanas de exibição, e no seu primeiro mês de exibição "Laços de Sangue" conquistou 7.6% de número de espetadores e 23.9% de share. “Laços de Sangue” contribuiu positivamente para a audiência do canal ao apresentar uma audiência superior em quase 3 vezes à média registada pelo canal. Ficará também na história como a primeira novela da SIC a “lutar” de igual para igual com as novelas da TVI, chegando mesmo a destroná-las nas audiências, tornando-se no maior fenómeno da SIC até agora em termos de ficção.
Uma crítica negativa vai, na minha opinião, para Diana Chaves que não me convenceu enquanto protagonista da novela, a interpretar a personagem Inês. Mas também igualmente e principalmente o seu papel foi carente de algo. A personagem Inês foi sempre apática, nunca reagiu a nada, nem para defender a sua mãe, nunca deu uma tareia na vilã como eu gostava de ver, nunca se exaltou. Penso que faltou mais vida, mais sangue a esta Inês. No entanto, considero que Diana Chaves sai da novela muito melhor do que quando entrou, disso não tenho dúvidas, a sua evolução foi notória.
Os “Laços de Sangue” acabam no próximo Domingo à noite, não perca, na SIC

Episódio final de Laços de Sangue, exibido este domingo, na SIC!

A "novela da nossa gente" estreou a 13 de Setembro de 2010, com menos de um milhão e apenas 23.5% de share. Como tudo tem um fim, o de Laços de Sangue é já este domingo, à noite!
A direcção de programas da SIC decidiu que a estreia de Peso Pesado 2 vai acontecer na mesma noite que o fim da novela interpretada por Diogo Morgado, Joana Santos e Diana Chaves.

Uma noite de televisão a não perder!

Audiências: SIC ultrapassada pela concorrência


As audiên­cias de terça-feira, 27 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.

As audiên­cias de cabo de terça-feira, 27 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.


O Mundo “não é” de Carolina

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Boa Noite! Seja bem-vindo ao “Olhar a SIC”.
O programa “Fama Show” que passa aos Domingos às 14h na SIC, apresenta uma rubrica que se intitula de “O Mundo de Carolina” onde é revelado o suposto Mundo em que vive Carolina Patrocínio, a apresentadora da SIC. Mas eu ao ver o Mundo em que Carolina supostamente vive, pergunto qual é afinal a finalidade de tal rubrica num programa de famosos e que expõem o “Mundo cor-de-rosa”?
Sim, eu sei que Carolina Patrocínio é uma figura conhecida, que apesar de jovem ela já apresentou vários programas na SIC em Horário Nobre. Mas qual o objetivo de atualmente ter uma rubrica completamente fútil e sem conteúdo nenhum? É que se o Mundo dela é apenas aquilo que ela mostra na rubrica, é completamente um Mundo de fantasia e irrealidade.

São já famosas as célebres frases de Carolina como, “Hoje apeteceu-me passear o meu cão”. “Hoje vim fazer kitesurf porque já não fazia há muito tempo”. “Hoje vim à minha nutricionista”. “Acabei de sair da minha nutricionista e estou a lanchar os meus cereais”. “Hoje vim treinar o cão do Gonçalo”. Mas é isto que “a apresentadora” quer para o seu percurso e futuro profissional?
Segundo a SIC: “O Mundo de Carolina”, pretende ser um espaço personalizado, em que os espetadores vão conhecer a vida da apresentadora da SIC através de múltiplas atividades, sejam desportivas, sociais, pessoais e também com desafios imprevisíveis". Porém, na minha opinião, a rubrica “O Mundo de Carolina” é totalmente dispensável do “Fama Show”, bem como a própria Carolina Patrocínio. 


Concorda com a minha opinião? Apresente também a sua!

Audiências: Júlia Pinheiro consegue 23.1% com 'Querida Júlia'

As audiên­cias de segunda-feira, 26 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.

As audiên­cias de cabo de segunda-feira, 26 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.

Audiências gerais da semana passada

audiência da tv

Conheça agora os top’s 15 das audiências dos canais generalistas e temáticos da semana passada!

 

 

 

 

image

image

Balanço do Verão

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Boa Noite! Seja bem-vindo ao “Olhar a SIC”.
Acabou o Verão e consequentemente acabaram também as principais apostas da SIC que ocuparam a grelha de programação durante este período. Assim, vou falar sobre “Chamar a Música” que foi apresentado por João Manzarra semanalmente e “Não há Crise” pelo qual Nuno Graciano deu a cara.
Começando pelo “Chamar a Música”, na minha opinião foi uma escolha acertada por parte do canal para ocupar as noites de Verão dos Domingos na SIC. Isto porque o programa conseguiu os seus objetivos, cativar e entreter os espetadores, e divertir os concorrentes que lá marcaram presença. Outro ponto positivo foi a escolha do apresentador, João Manzarra, que substituiu e bem Herman José que apresentou anteriormente a primeira edição do formato em Portugal. Aliás, as audiências comprovam isso mesmo, dado que o programa da SIC onde os concorrentes famosos tentaram acertar nas letras das canções, foi maioritariamente o mais visto do seu horário ao longo do seu período de exibição. Os 9 programas exibidos, foram na sua maioria vistos por mais de 1 milhão de espetadores, tendo essa mesma maioria de programas obtido shares entre os 30% e 35%, valores relativamente bons que ajudaram a vencer as noites de Domingo durante o Verão. Pode dizer-se que neste caso a qualidade do projeto saiu vencedora.


Agora, debruço-me sobre o programa escolhido para fazer companhia ao público todas as noites de Segunda a Sexta-feira, no horário das 21:30. A opção recaiu em “Não há Crise”, um programa de apanhados “enlatados” igualmente já exibido no passado, agora numa segunda e nova temporada. Nuno Graciano foi novamente o escolhido e muito bem, dado que ele é a cara deste tipo de programas na estação. É certo que a SIC precisava de algo para “encher horário” durante o Verão, mas será que não havia nada melhor? Haver até haveria, mas foi este o escolhido e agora resta analisar a sua performance audiométrica. Deste modo, e ao contrário do que eu esperava, sendo uma segunda temporada e visto que a primeira já tinha sido reposta anteriormente, o programa de apanhados estrangeiros poderia apresentar algum desgaste e afundar por completo o seu horário. Tal não se verificou. “Não há Crise” teve maioritariamente nos 34 programas transmitidos valores à volta de 800 mil espetadores, e maioritariamente entre os 20% e 25% de share. Audiências que deram o 2º lugar do horário para “aguentar o barco” e evitar uma crise na SIC.

Concorda com a minha opinião? Apresente também a sua!

Universidade de Évora estuda concorrentes do Peso Pesado 2

Os laboratórios do pavilhão gimnodesportivo da Universidade de Évora serviram de cenário à 2.ª edição do programa da SIC “Peso Pesado”. Os docentes do Proto-departamento de Desporto e Saúde avaliaram a composição corporal, força, equilíbrio e aptidão física dos concorrentes.

O Proto-departamento de Desporto e Saúde vai analisar os efeitos do programa de treino e do programa nutricional a que os concorrentes estão a ser sujeitos todas as semanas. No final da temporada, todos os concorrentes regressam à Universidade onde será feita outra avaliação relativamente à perda de massa gorda.

Para o Prof. Armando Raimundo, é importante a consultadoria cientifica prestada ao programa da SIC uma vez que podem ser usados os dados para saber de que modo o treino consegue alterar a força, a composição corporal e o equilíbrio, bem como outros dados relacionado com a qualidade de vida no dia-a-dia dos concorrentes. “O que queremos é que eles sejam mais autónomos e com os melhores níveis de saúde” afirma o professor. “Na Universidade de Évora temos os equipamentos necessários a esta avaliação e os conhecimentos do nosso corpo docente, que tem capacidade e condições para cumprir com qualidade este tipo de acompanhamento.”

Na 1.ª edição deste concurso, alunos e professores do Proto-departamento de Desporto e Saúde monitorizaram desafios com actividades ligadas à exploração da natureza, falaram com os concorrentes sobre as vantagens da prática da actividade física, bem como do risco de lesões, e prestaram serviços de consultoria técnica à produção do programa para uma subida ao Alto de S. Gens.
UELINE

Audiências: SIC apenas com Jornal da Noite no TOP5

As audiên­cias de domingo, 25 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.

As audiên­cias de cabo de domingo, 25 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.

Audiências: Apenas futebol vence Laços de Sangue

domingo, 25 de setembro de 2011


As audiên­cias de sexta-feira, 23 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.

As audiên­cias de cabo de sexta-feira, 23 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.

Boa Noite! Bem-vindo ao “Exame Semanal” da SIC.

sábado, 24 de setembro de 2011

Esta rubrica de análise semanal tem por objectivo demonstrar a performance audiométrica da grelha da SIC ao longo da semana, e caracterizar negativamente (a vermelho) ou positivamente (a verde) a programação do canal. A análise centra-se na comparação com os 3 canais generalistas portugueses.
Chamar a Música
Como se previa, o programa da SIC que ganhou o Verão inteiro, não aguentou o embate contra a nova aposta da TVI. No penúltimo programa desceu e registou 8.5 e 22.8% contra os 15.1 e 45.1% de share de “Casa dos Segredos” – estreia.

Querida Júlia
Nesta semana Júlia Pinheiro certamente teve motivos para sorrir. O seu programa registou uma subida em espectadores e em share. Segunda-feira não entrou no top, e Sexta-feira teve 1.8 e 17.9% de share, mas Terça, Quarta e Quinta-feira teve nos 200 mil espectadores, e chegando aos 21.7% de share na Terça.

Primeiro Jornal
Os 5 dias da semana, ficou em 3º lugar, sempre na casa dos 400 mil espectadores. Os shares estiveram razoáveis, entre os 25.4% de Sexta-feira e os 28.6% de Terça-feira.

Alma Gémea
Esta semana foi ultrapassada em número de espectadores em 4 dias. Apenas na Quarta-feira venceu. Pelo contrário, em shares ganhou em precisamente outros 4 dias, sendo que na Terça-feira foi substituída pela reposição do 1º episódio de “Rosa Fogo” que também liderou. Esta semana nunca chegou aos 400 mil espectadores. Os shares andaram entre os 27.2% de Segunda, e os 30% de Quinta-feira.

Boa Tarde
São conhecidos os resultados de 4 dias, menos Segunda-feira. Sabe-se que na Quarta-feira ficou no 2º lugar da tarde. Na Quinta-feira teve o valor mais baixo conhecido, 1.7 e 16.2% de share. Terça, Quarta e Sexta-feira esteve com 200 mil espectadores e na Terça-feira atingiu o share mais alto com 21.0%.


Morde & Assopra
Esta semana já sozinha, teve a vida mais complicada. Na Segunda-feira, apenas nas 19h, ficou em 3º lugar. Nos restantes 4 dias, e só analisando as 19h, também ficou em 3º lugar. A audiência mais baixa ocorreu na Sexta-feira com 4.5 e 19.1%. O melhor dia foi a Segunda-feira com 5.5 de número de espectadores.

Jornal da Noite
Em semana de “estreia” da remodelada imagem informativa, o principal jornal ficou aquém do esperado ou devido. Não conseguiu vencer nenhum dos 5 dias. Segunda, Terça e Sexta-feira, ficou mesmo no 3º lugar. Apenas Quarta e Quinta-feira em 2º. Teve na Sexta-feira o pior valor da semana com 8.5 e 22.5%. Conseguiu na Quinta-feira o melhor da semana com 11.6 e 29% de share.
É o grande destaque negativo da semana!

Rosa Fogo
Em semana de estreia, a nova novela portuguesa teve resultados bons, tendo em conta o passado. Embora todos os 5 dias no 2º posto da noite, conseguiu valores satisfatórios. O seu melhor dia foi no episódio de Quinta-feira, com 10.6 e 26.2% de share. Já o valor mais baixo ocorreu na Sexta-feira com 8.8 e 22.5% de share.

Laços de Sangue
Prestes a terminar, “a novela da nossa gente” tem conseguido um bom desempenho nas noites da SIC. Venceu 4 dos 5 dias desta semana. Apenas na Terça-feira ficou em 2º lugar. A maior audiência verificou-se na Segunda-feira com 11.9, já o maior share da semana foi na Quarta-feira que chegou aos 36.1%. O dia mais baixo foi Sexta-feira com 10.7 e 31% de share.
É o grande destaque positivo da semana!

Araguaia
Nesta semana com nova concorrência, a novela brasileira da SIC conseguiu nos 5 dias ser a mais vista do horário Tendo liderado 3 dos 5 dias em share. Melhor dia foi Terça-feira em que alcançou 5.6 de número de espectadores. O melhor share foi de 30.3% na Quarta-feira. O valor mais baixo deu-se na Segunda-feira com 4.2 e 21% de share.  

O “Exame Semanal” voltará no próximo Sábado para mais uma avaliação!

Em Peso Pesado 2, os concorrentes vão aprender a cozinhar

Estreia dia 2 de Outubro a segunda série de 'Peso Pesado', na SIC, com Bárbara Guimarães como anfitriã. Os concorrentes são 17, não vão competir em duplas, têm mais peso do que na primeira edição e vão aprender a preparar pratos saudáveis com o chefe Nuno Ribeiro.

O treinador Rui Barros vai ter a seu lado nova treinadora: Conceição Gonçalves. Na equipa de bastidores mantém-se a fisionlogista Teresa Branco, bem como os médicos do Hospital dos Lusíadas, cujo núcleo que já se encontra instalado na herdade de Alcácer do Sal.
Na apresentação desta edição, que teve lugar nos novos estúdios onde irão decorrer as pesagens semanais, Júlia Pinheiro passou o testemunho a Bárbara Guimarães e a quem não poupou elogios. "A Bárbara já se emocionou com as histórias dramáticas dos participantes", contou.
Júlia Pinheiro garantiu que "a segunda edição será muito melhor do que a primeira". "Primeiro porque aprendemos muito com a primeira o que podemos agora fazer melhor; segundo porque os concorrentes têm características diferentes - há formação académica diferenciada; e depois porque tem a melhor apresentadora possível: Bárbara Guimarães", sublinhou a directora de conteúdos do canal de Carnaxide.
Bárbara Guimarães terá um novo registo de apresentação. "Será meiga, atenta, madura e muito sensível", avisa Júlia Pinheiro.
"Tem sido uma experiência muito forte, em termos profissionais e humano. Há aqui de facto um novo registo da minha parte", diz a apresentadora que, confessa ainda ter "ficado impressionada com o peso das pessoas e com aquilo que não podem fazer devido ao seu tamanho".
A competitividade entre os participantes vai ser ainda mais acentuada nesta edição cujo concorrente mais novo tem 19 anos, o mais velho 43 anos e o mais pesado 214,7 quilos. A média de pesos é de 140 kgs.
A nova treinadora já é conhecida como "a má", segundo o colega Rui Barros que promete ser ainda "mais duro com este grupo, porque não pode ser de outro modo".
A fisiologista Teresa Branco falou em diferenças e semelhanças entre este grupo e o da primeira edição: "Têm mais facilidade em exprimir o que sentem, mas em comum com o anterior grupo têm o complexo de culpa. Culpam-se por ter 200 quilos, mesmo que lhes diga que outros factores como a componente biológica e genética. O que me impressionou é algumas destas pessoas até percebem de fisiologia humana, pois temos um médico dentista e uma psicóloga".

Fonte: 
Correio da Manhã

Audiências: Laços de Sangue com 31% de share

Ontem, sexta-feira, a TV por Cabo voltou ao share superior a 30%, com a Sport TV a ultrapassar a SIC Notícias com mais 1.8% de quota de mercado, exibindo o jogo Benfica-Porto.
Mesmo assim, os programas mais vistos pertenceram às generalistas TVI e SIC, que no TOP5 entraram quatro programas do canal de Queluz e Laços de Sangue, do canal de Balsemão.
O day-time voltou a ser o calcanhar-de-aquiles da SIC, com Querida Júlia e Boa Tarde com menos de 18% de share.

Mais resultados:
Os TOP10  de cada canal de 23 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tados aqui.

As audiên­cias de cabo de sexta-feira, 23 de Setem­bro de 2011, podem ser con­sul­tadas aqui.

MARCAMOS O ARRANQUE DE CADA DIA: ÀS 07:00

COM: JÚLIA PINHEIRO E JOÃO PAULO RODRIGUES...

SIC LÍDER DO HORÁRIO NOBRE DESDE O INÍCIO DO ANO!

 
SIC Blog © 2012 | Designed by Bubble Shooter, in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions